Breve autobiografia

O Rubens Antônio Moreira da Silva Júnior tem 39 anos, é natural de Campos dos Goytacazes, norte do Rio de Janeiro. Pai de duas bênçãos, dois troféus, a Valentina  e Enrico. Reside em sua cidade natal.

Quando ainda criança frequentava com dois amigos da rua onde fora criado – na companhia dos pais dos amigos –, a Igreja Batista de Nova Brasília. Sem ainda a Consciência real do que era o Evangelho; a sedução deste mundo, jungido ao início da adolescência, não o afastou da Igreja, mas, contribuiu. Foi então que passou a viver parte da adolescência e juventude como “bem queria“, ao estilo Filho Pródigo. Amava todo tipo de música que estivesse estourando no momento. Todo fim de semana ia aos grandes shows, bailes e barzinhos da época. Em 2001, ouvindo a Palavra do Evangelho fortemente, teve sua Consciência despertada, o que fez voltar a frequentar os cultos na mesma Igreja Batista onde havia iniciado quando criança, ficando alguns anos nela e sendo muito bem ensinado nos princípios elementares da fé cristã.

Esta é uma palavra fiel e digna de toda aceitação: que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.” (I Tm 1:15)

Faculdade Teológica – ano 2004*

Aquele menino que antes não gostava de ler, agora, pós-conversão, foi despertado intensamente para a leitura, passando a ser um apaixonado pela prática. Lia a Bíblia todos os dias (até quando chegava dos cultos e a primeira coisa quando acordava), o que fez dos seus livros seus maiores investimentos. Óbvio, que isso não quer dizer muito, mas, substanciando o tipo de leitor contumaz e inveterado que se tornou, Leu a Bíblia toda dezenas de vezes! Após incessantes leituras buscando conhecimento, iniciou pregando o Evangelho em casas nos grupos de estudo semanais. Depois, por intermédio de amigos, passou a receber convites pra pregar em algumas denominações na cidade. Tendo estudado na Faculdade Teológica Batista em Campos/RJ, recebeu, posteriormente, o título de Bacharel em Teologia pela Faculdade Teológica de São Paulo, cidade onde morou por 8 meses até terminar seus estudos.

Muitos não entendiam, perplexos e atônitos ficavam, ao ver que aquele “menino” que antes vivia “como bem queria”, tendo, agora, de aturar-lhe pregando o Evangelho da Graça de Deus. Claro, guardada as proporções, o estupefamento era similar ao ocorrido com Jesus e Paulo em relação aos seus amigos e conhecidos da época:

(1)E, chegando o sábado, começou a ensinar na sinagoga; e muitos, ouvindo-o, se admiravam, dizendo: De onde lhe vêm essas coisas? E que sabedoria é esta que lhe foi dada? E como se fazem tais maravilhas por suas mãos? Não é este o carpinteiro, filho de Maria e irmão de Tiago, e de José, e de Judas, e de Simão? E não estão aqui conosco suas irmãs? E ficaram escandalizados por causa dele

(2)(…)e lhe disseram: Com que autoridade fazes tu estas coisas? Ou quem te deu tal autoridade para fazer estas coisas?

(3)Todos os que o ouviam estavam atônitos e diziam: Não é este o que em Jerusalém perseguia os que invocavam este nome e para isso veio aqui, para os levar presos aos principais dos sacerdotes?” – (Mc 6:2,3; Mc 11:27 a 33; At 9:21)

Convite: Ordenação Pastoral dado a familiares e amigos – 28/06/2008

Posteriormente, passou por algumas denominações e, por fim, no ano de 2008 foi Ordenado Pastor na Assembleia de DeusAssembleia de Deus Ministério Pleno (Campos/RJ) –, no convite alcunhou o versículo chave em I Timóteo 1 verso 12: 

Dou graças aquele que me fortaleceu, a Cristo Jesus nosso Senhor, porque me considerou fiel, pondo-me no seu ministério.

Atualmente neste site, apresenta reflexões sobre a vida, relacionamentos e o destino do homem através de mensagens bíblicas, seja ela em áudios, vídeos ou, na grande maioria das vezes, na forma escrita.

Destaca-se pela característica pesquisadora e autodidata, onde, através de suas pesquisas, consegue ser um crítico veementemente inconformado com a realidade e vivida no mundo compemporâneo (pós-moderno) e em algumas igrejas. Tem uma visão bíblica profunda, centralizando-se totalmente em Jesus, o que lhe faz, digamos assim, um apologista da fé cristã. 

Sua característica conservadora lhe custou muitos títulos ao longo de sua vida cristã dada pelos seus “críticos“, a saber: (1)anacrônico, porque não se coaduna com alguns costumes desta época, (2)antiquado, (3)careta, (4)fascista, (5)ignorante intelectual, (6)retrógrado, (7)cafona, (8)tacanha, (9)obtuso e (10)ultrapassado.

Mas, que diferença isso faz? Deve agradar mais aos homens do que a Deus? (Gl 1:10) É Deus quem o justifica! (Rm 8:33), pois, “nada se pode contra a verdade, senão, pela verdade!” (II Co 13:8).

Foi professor de Teologia em diversas áreas em alguns Institutos Bíblicos na cidade de Campos/RJ.

Seu principal desejo é ver o Evangelho sendo gerado no único lugar onde ele pode nascer, crescer, e se desenvolver: no coração humano!

Atualmente dedica-se também a profissão de Policial Militar/RJ.

Rubens Júnior,
Campos dos Goytacazes – RJ
20/10/13
© Copyright Rubens Júnior – Todos Os Direitos Reservados