As redes sociais é também lugar de revelar o compromisso sério que você tem

Hoje em dia as redes sociais não são vistas apenas como em seu início, uma rede on-line onde encontramos amigos distantes, parentes sumidos, e compartilhamos de nossas vidas com esse grupo. Com o passar dos anos ela virou até ponto de encontro, virou oportunidade de conhecer alguém, fofocar, pesquisar sobre a vida de alguém, e até de namorar. É verdade, tem gente que namora pela internet e à distância!

Hoje existem até empresas que contratam funcionários e pedem o link de suas redes sociais pelo fato de que as redes se tornaram tão “complemento do nosso corpo”, de modo que, se você quiser geralmente saber quem a pessoa é, onde ela anda, o que ela faz, onde trabalha e o que gosta, observe suas redes sociais.

As redes se tornaram tão naturais, tão representes de quem somos, que certas informações não podem faltar. Vou citar um exemplo: se você é compromissado, noivo, casado é digno – assim eu acho –, que exponha sua condição, uma vez que as suas redes são constantemente observadas, elas para alguns viraram palco de atrações, observações e motivos de se jogar uma bela isca naquela moça ou naquele rapaz bonito, o intuito inicial das redes foi se acabando, hoje é muito mais para conhecer gente do que pra qualquer outro fator interessante. Na frente da telinha – seja do celular ou do computador –, a coragem e a desfaçatez de muitos(as) aumenta exponencialmente.

As pessoas olham diferente para um perfil solteiro ou sem status revelado, o que também não significa que por não ter um status de relacionamento haverá uma traição lá na frente. Caro que não! Mas é louvável quem é compromissado(a) ou casado(a) expor que é, isso pode contribuir parar evitar certos probleminhas lá na frente. Óbvio que existem uns entes que não respeitam o compromisso de ninguém trazendo perturbações, mas esse é o seu papel, reduzindo e evitando o máximo os(as) intrusos(as) e os entrões na sua relação.  Até porque, meu Deus! Se existe a opção de se dizer que tipo de relacionamento você tem de preencher, não vejo motivos para não fazê-lo. Creio que não podemos negar que existe certa, digamos, sutileza escusa em esconder certas informações, tendo em vista o que significa as redes sociais hoje para a sociedade (namoros, pegações e etc…).

Há dois ditados na internet que dizem: (1) “Namore com alguém que mude a sua vida e não o seu status de relacionamento.” O outro: (2) “Rede social não é lugar para desnudar a alma!” Ambos estão erradas? Não! No entanto…

Essa primeira frase carrega em si subterfúgios e idiossincrasias, talvez das mais estranhas. Claro que a prioridade da vida do casal é na vida real, casais devem viver o ápice de suas mudanças diárias na vida e não nas redes. Me diga uma coisa: Qual casal que viva em pleno amor e paixão que consegue esconder, através do discurso de ser “reservado(a)”, um amor em público? Tem gente que se diz reservado demais, e por isso não coloca o status de relacionamento, mas posta foto em praia, quando sai, quando está em algum lugar, numa viagem, num parque, numa festa… dois pesos e duas medidas?

A segunda frase tem muito respaldo, pois, viver desnudando sua vida por completo, cada passo e cada mergulho, também é uma doença. É diferente dizer que você é namorado(a), noivo(a), casado(a) e etc., do que ficar contando detalhes de sua vida nas redes, expressando cada tristeza ocorrida, cada briga com seu companheiro, com sua família, e soltando indiretas sérias para amigos; isso são coisas completamente opostas. Temos que começar a separar as coisas como adultos. Cada coisa em seu devido lugar.

Por fim podemos usar duas referências bíblicas que dizem: (1)“Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder a cidade edificada sobre um monte”, ela ficará sempre a vista de todos justamente por estar no alto. Assim é impossível querer esconder a condição de sua vida amorosa sem que atrás dela não esteja, quem sabe, desejos escondidos dos mais diversos, talvez até a insatisfação e a insegurança da atual relação e com medo do que será, prefere não expor.

A Bíblia diz que “andarão dois juntos (casal) e se eles não tiverem de acordo?”, ou seja, há possibilidade de se andar juntos sem acordo? Não! Alguém terá sempre a ceder, abrir mão, porque fica até estranho, soa mau, uma rede social de um revelando o prazer de ser compromissado e o outro como se fosse um ente indefinido sem status de relacionamento.

Sendo assim, como já disse acima, não ter status de relacionamento não significa que haverá uma traição lá na frente. Caro que não! Mas sabemos também que pode evitar muitos problemas. Agora, sejamos honestos conosco mesmo: Por que não ter, já que o discurso de sermos reservados não se sustenta?

Um grande abraço,
Rubens Júnior
Campos/RJ
05/11/2020 às 00:23h.

Comente aqui